53,7% dos beneficiários de Planos de Saúde estão acima do peso

O número de indivíduos com excesso de peso e obesidade entre os beneficiários de planos de saúde continua crescente e alarmante. É o que aponta estudo feito pelo Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A pesquisa Vigitel Brasil 2016 – Saúde Suplementar indica que a proporção de beneficiários adultos de planos de saúde com excesso de peso vem aumentando desde 2008, quando foi realizado o primeiro levantamento, passando de 46,5% para 53,7%. O mesmo ocorre com a proporção de obesos, que subiu de 12,5% para 17,7%. Nesta evolução desfavorável, a frequência de beneficiários com diagnóstico médico de diabetes aumentou em média 0,2% ao ano entre 2008 e 2016.

Mas a pesquisa também traz boas notícias como a redução na proporção de fumantes de 12,4% para 7,3%, a de indivíduos fisicamente inativos de 19,2% para 14,2%, e o consumo de frutas e hortaliças com alta de 27% para 30,5%. Pela primeira vez, acompanhando o comportamento da sociedade, o Vigitel incluiu indicadores relacionados ao tempo livre gasto diante de telas de computador, tablet e celular, cuja frequência nos equipamentos por três ou mais horas diárias foi de 19,5%.

O Vigitel foi feito com base em 53.210 entrevistas por telefone, sendo 20.258 homens e 32.952 mulheres, nas capitais de 26 estados e Distrito Federal, entre fevereiro e dezembro de 2016. Os indicadores devem ser usados pelas operadoras de planos de saúde para a formulação de modelos de cuidado e a prevenção, diz ANS.

Por: DCI |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *